Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Bancos já antecipam valor do décimo terceiro em 2016

A- A+

A crise econômica que atinge o Brasil provoca reflexos em diferentes áreas do mercado financeiro. Uma delas é a antecipação do valor do décimo terceiro salário por parte dos bancos. A iniciativa nada mais é do que uma linha de crédito. Será que vale a pena para o seu caso?

Valor do décimo terceiro antecipado

Apesar do nome, o crédito bancário não possui nenhuma relação com o décimo terceiro salário pago pelas empresas aos seus funcionários, o que é uma obrigação trabalhista. O que os bancos oferecem é, na realidade, um empréstimo para os seus correntistas.

Todos os anos, a maioria das instituições financeiras oferece a antecipação do décimo terceiro salário. Entretanto, disponibilizar este crédito já no início do ano foge bastante do padrão. Via de regra, a iniciativa começa apenas a partir do segundo semestre.

Casal conhece o valor do décimo terceiro

É importante avaliar as taxas e as exigências de cada instituição financeira. Foto: iStock, Getty Images

Taxas do empréstimo

Atualmente, os bancos que estão oferecendo a antecipação são Bradesco, Caixa, Banco do Brasil e Santander. As taxas variam entre 2,59% a 4,60% ao mês e os valores disponibilizados também mudam. Para se ter uma ideia, na Caixa, o crédito varia de R$ 500 a R$ 20 mil.

Também há uma série de pré-requisitos para o acesso a esses valores. Na Caixa, Bradesco e Banco do Brasil, o correntista deve o salário no banco.

E não para por aí. No Banco do Brasil, é necessário que o empregador também seja ligado à instituição. Já na Caixa, é necessário estar empregado há, pelo menos, 12 meses ou ainda receber aposentadoria ou pensão do INSS pelo banco.

Cuidados ao contratar

Antes de solicitar um empréstimo, é importante avaliar alguns pontos. Lembre-se que há outras linhas de crédito com taxas menores. Verifique se você se enquadra em alguma delas.

Além disso, avalie os riscos que você corre. O desemprego ou mesmo um imprevisto financeiro podem levá-lo a se endividar.

Confira bem as taxas de juros cobradas pelo banco e coloque tudo na ponta do lápis. Se você fizer um parcelamento muito longo (até o final do ano, por exemplo), o que será pago em juros pode pesar bastante no seu orçamento. Além disso, a lei garante ao trabalhador a possibilidade de adiantar parte do décimo terceiro para as férias. Será que isso não resolve o seu problema?

Organização é fundamental

Antes de solicitar um empréstimo, é importante fazer um bom planejamento para que você não fique ainda mais endividado. Comece com uma planilha de gastos detalhada, onde você colocará tudo o que gasta – desde as despesas fixas até o cafezinho que toma na padaria. Se dividir as despesas em colunas separadas (fixas e variáveis), pode visualizar melhor seus gastos.

A partir desse exercício, avalie o que pode ser cortado ou “espremido” no seu orçamento e, finalmente, veja quanto pode pagar em uma parcela mensal.

A dica é não injetar toda a sobra no empréstimo. Deixar uma reserva é sempre importante para resolver problemas como um encanamento quebrado ou um problema mecânico no seu carro.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Já sabe avaliar se vale antecipar o valor do décimo terceiro? Comente!

quando vale a pena comprar título de capitalização
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns