Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Balança de pagamentos é indicador crucial sobre economia de um país

A- A+

Conforme balanço do Banco Central (BC), o Brasil registrou um superávit de US$ 10,883 bilhões na balança de pagamentos, em 2014. Os dados contrastam com o do ano anterior, em que o país fechou com déficit de US$ 9,839 bilhões. Além de movimentar muito dinheiro, você sabe o que é, e como funciona esse indicador econômico?

Balança de pagamentos: o que é?

A Sexta Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimento do Fundo Monetário Internacional (BPM6), define como a estatística macroeconômica que sumariza transações entre residentes e não residentes ao longo de um período. Ela compreende contas de bens e serviços, de renda primária, de renda secundária , capital e financeira.

seudinheiro-balanca-de-pagamentos

O BPM6 contempla desenvolvimentos econômicos e financeiros da economia mundial. Foto: iStock, by Getty Images

“Ela funciona como um registro contábil dos valores de todas as transações econômicas e financeiras de um país com os demais. Composta da conta corrente, que é o movimento das mercadorias e serviços, e o movimento de capitais, que são as transações de moeda, crédito e títulos de investimentos”, esclarece a economista perita judicial e extrajudicial Simone Magalhães.

Você vai se interessar por:
Como resultado da balança comercial afeta a economia
Entenda a situação da economia brasileira com ajuda de três gráficos
Entenda o que é superávit primário e de que forma isso afeta seu bolso
Teste: você fala economês?
Saiba como os juros em alta afetam suas contas

O fundador do site General Investidor, Bruno Papi, explica que para realizar os cálculos da balança de pagamentos é preciso somar todo o dinheiro que entra no país em forma de transferências ou importação e subtrair o valor que sai em produtos e serviços. O responsável por essa conta é o BC, que é o órgão que gere as reservas financeiras do país.

Desde abril de 2015 o Banco Central passou a publicar as estatísticas do setor externo da economia brasileira em conformidade com a BPM6, e os números das balanças de pagamentos mensais podem ser acompanhados no seu site oficial.

O objetivo é assegurar não apenas a consistência entre as várias estatísticas macroeconômicas, mas também permitir a comparabilidade entre os países. Ao mesmo tempo, o BPM6 contempla desenvolvimentos econômicos e financeiros da economia mundial nos últimos quinze anos.

O que demonstra esse indicador?

“Ele indica se o país está importando ou exportando mais. Se o Brasil tem um saldo positivo (superavitário), mostra que se está exportando mais do que importando. Um saldo negativo (deficitário) prova o contrário. Ou seja, quando se tem um déficit, demonstra que menos dólares estão entrando no país e para que volte ao equilíbrio, políticas monetárias devem ser feitas”, explica Simone..

Ela exemplifica dizendo que uma dessas políticas pode ser a desvalorização do real frente a taxa de câmbio, o aumento da taxa básica de juros (Selic), ou ainda, restrições a importações, entre outras.

Segunda ela, o período de instabilidade em que o Brasil está, representa alteração na balança de pagamentos, especialmente no que diz respeito a disparidade com a moeda norte-americana.

“O maior problema que o Brasil enfrenta é com a alta taxa do dólar. O que deveria ser bom aos exportadores, não está sendo. Pois os compradores do exterior estão pedindo para que baixem os preços, já que muitos reais estarão entrando em seus caixas. E as importações ficam mais caras. Nossa indústria é bastante dependente dos insumos importados, logo o dólar reflete nos preços de forma direta ou indiretamente”, conclui.

Gostou das dicas de balança de pagamentos? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito