Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Avalie prós e contras do investimento imobiliário

A- A+

Em tempos em que a conjuntura econômica anda passando longe da prosperidade, muita gente ainda prefere o investimento imobiliário, por ser considerado mais seguro. Mas será que é mesmo uma boa opção de aplicação?

Investimento imobiliário protege o dinheiro

Conforme o economista e educador financeiro Everton Lopes, assim como qualquer investimento, o setor imobiliário tem suas vantagens e desvantagens. O principal benefício é a proteção ao dinheiro, o que seria interessante em épocas de crise, como agora.

Por outro lado, há uma imobilização do capital investido, alerta ele. “Ou seja, perdemos a liquidez do recurso aplicado, sem contar que a rentabilidade dos aluguéis está abaixo do mercado”, aponta Lopes.

Ainda assim, o economista explica que a diversificação dos investimentos é importante e, nesse sentido, essa pode ser uma boa opção.

Isso não significa que seja necessário comprar um imóvel para ter renda. “Dependendo do valor a ser investido, é possível optar também em fundos de investimentos imobiliários”, sugere Lopes, salientando, porém, que também há desvantagens, como as taxas de administração e a incidência de Imposto de Renda.

Mulher faz investimento imobiliário

Na atual conjuntura, compra de imóvel para moradia pode ser bom negócio. Foto: iStock, Getty Images

Juros altos desaconselham aplicação

Por sua vez, o consultor Bernardo Baggio, da Grand River, defende que imóveis não são bons investimentos quando as taxas de juros estão elevadas. “O mercado imobiliário, assim como outros investimentos, é marcado por ciclos. Após alguns anos de forte valorização, esse setor está passando por ajustes”, aponta.

A forma desses ajustes pode variar, segundo Baggio, desde a perda nominal no valor do imóvel – como ocorreu recentemente nos Estados Unidos e Europa – até a perda real no valor do imóvel, o que já está acontecendo no Brasil. “Isso ocorre quando o preço do imóvel não cai, mas o seu valor é corroído pela inflação”, esclarece.

Investimento em imóveis exige conhecimento

Conhecer os macetes do mercado é tão importante que Baggio defende a ideia de que todo o investimento deveria ser aconselhado por um especialista. “Quem vive o mercado tem um conhecimento superior à média da população, e pode desmontar mitos sobre ganhos extraordinários”, destaca.

Uma prova disso é que, na atual conjuntura econômica, ao contrário do que leigos podem imaginar, não é aconselhável investir em imóveis, alega ele. Além da baixa liquidez, o recurso investido é bastante alto.

Por outro lado, Baggio avalia que comprar um imóvel como moradia pode ser interessante. “Trocar um imóvel mais afastado do trabalho por um mais próximo pode reduzir despesas com deslocamentos, o que poderia inclusive compensar um preço até mais alto”, argumenta.

Mas não vale a pena esperar lucro com aluguel ou com venda de imóveis nesse período. “Sobretudo no caso de pessoa física, as taxas de retorno de aluguel sobre o valor pago pelo imóvel ficam muito abaixo dos juros básicos e ainda geram custos com a administração da locação. Isso quando não ocorrem despesas extraordinárias que devem ser suportadas pelo proprietário”, avisa.

Você vai se interessar por:

Seguro para os seus bens

Se você tem um imóvel, uma boa dica é contratar uma proteção extra. Clientes Vivo podem contratar seguro residencial que garante, entre outras coberturas, amparo contra incêndio, raio e explosão. A apólice garante o pagamento de uma indenização, quando ocorrer danos à sua residência ou ao seu conteúdo.

O seguro ainda cobre prejuízos decorrentes de roubo ou furto qualificado, de problemas causados por danos elétricos e Responsabilidade Civil Familiar.

> Seguros para seus bens: Garanta proteção contra incêndio, raio, danos elétricos, roubo e furto

Este artigo sobre investimento imobiliário foi útil para você? Compartilhe!

Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo
Trabalhando na reforma de casas antigas
Aproveitando o desconto em imóveis
Como escolher corretora para Tesouro Direto
Uso de LED no projeto de iluminação residencial