Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Auxílio-funeral: por que pensar nisso agora?

A- A+

Pensar em formas de proteger seus familiares envolve diversas decisões, que passam inclusive por situações em que você pode não estar mais entre eles. Seguros de vida, assistências e previdência são algumas dessas atitudes. Uma delas, em que as pessoas procuram evitar, é a contratação de um auxílio para funeral.

Contratar um auxílio-funeral é uma forma de proteger a família da preocupação com detalhes que podem causar desconforto em um momento tão delicado. Planejar as finanças incluindo esse momento é uma forma de manter a família segura. Por isso, encontrar um corretor cuidadoso, sensível e discreto é importante nesse momento.

funeral

Auxílio funeral é uma opção para proteger a sua família mesmo após a sua partida. Foto: Shutterstock.com

Classes C, D e E são as que mais contratam auxílio-funeral

Há diferentes tipos de seguros de vida que incluem indenizações em casos de morte. Uma pesquisa realizada pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida, em julho de 2014, mostrou que a contratação de auxílio-funeral cresceu em média 40% naquele período.

Em dez anos, segundo a Associação Brasileira do Setor de Informações Funerárias (Abrasif) o setor cresceu 60%. As classes econômicas C, D e E são as que mais se preocupam em contratar um auxílio-funeral. Com custo médio mensal de R$ 30, esse tipo de seguro cobre diferentes tipos de serviços quando a vida chega ao fim.

Também há opções no mercado que garantem a assistência funeral com custo de R$ 30 por ano. Quem contrata pode optar por incluir outros dependentes no seguro. Um serviço funeral completo custa em média, de acordo com dados da Abrasif, cerca de R$ 4,6 mil.

Conheça quatro tipos de assistências cobertas pelo auxílio funeral

1. Aluguel de jazigo

Nesse caso, é importante ficar atento ao tempo de locação máximo do jazigo e se informar sobre o que fazer depois que esse tempo chega ao fim.

2. Sepultamento ou cremação

Essa assistência cobre todos os custos e serviços para garantir o desejo do segurado. Em caso de cremação, algumas empresas que oferecem o serviço exigem um documento assinado em vida pelo segurado.

3. Repatriamento

Em casos em que o segurado ou um de seus dependentes viva fora do país, o seguro que cobre essa assistência faz todo o translado do corpo e auxilia na documentação para a realização do procedimento.

4. Orientação jurídica

A empresa auxilia em todo tipo de documento que precisa ser feito antes da morte – pelo próprio segurado – e depois, pela família.

Seguros para você

Clientes Vivo podem contratar seguros de vida com coberturas para morte e morte acidental. O seguro ainda grante os serviços de assistência funeral, quando ocorrer a morte do segurado, com transporte ou repatriamento do segurado falecido e garantia de sepultamento ou cremação.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais
O controle financeiro pessoal e o futebol
como funciona o auxílio maternidade
como funciona o auxílio creche
como funciona o auxílio doença
o que são benefícios assistenciais
licença-paternidade de 20 dias