Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Atualização do Uber permite dividir a conta com um amigo

A- A+

Motivo de polêmica, despertando amor e ódio pelo Brasil, o serviço do aplicativo Uber cresce. Em janeiro, atingiu a marca de 1 milhão de usuários no país. Agora, a plataforma investiu em uma atualização do seu sistema que permite aos usuários dividir a conta da corrida.

Ou seja, se você e um amigo contratam o Uber pelo aplicativo do celular, podem rachar o valor a ser pago. Para isso, é preciso selecionar nos seus contatos a pessoa com quem você irá dividir a conta. Até então, a quantia era quitada por meio de um único cartão de crédito.

Uber permite dividir a conta

Divisão do custo da corrida prevê o pagamento de pequena taxa adicional. Foto: iStock, Getty Images

Como dividir a conta no Uber

Pegue o seu celular e faça normalmente o pedido do serviço de transporte via Uber. Aguarde a confirmação de que há um carro disponível para a sua localidade. Quando aparecer o rosto que identifica o motorista do veículo que está à sua disposição, toque na tela, na parte inferior, e veja as opções que serão apresentadas pelo aplicativo.

É nesta etapa que está a novidade. Você selecionará a alternativa que permite dividir a tarifa. Ainda guiado pelas orientações didáticas do Uber, você escolherá o amigo que irá dividir a conta com você.

Após clicar na pessoa da sua lista de contatos, ela terá que aceitar o convite para que a divisão efetivamente aconteça. Quando o amigo aprovar a solicitação, a corrida será repartida entre vocês, com o acréscimo de uma taxa de R$ 0,60.

O sucesso (e a polêmica) do Uber

O aplicativo Uber entrou em funcionamento no Brasil em 2014. A empresa americana responsável pelo aplicativo oferece os serviços de transporte em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre.

Em todas essas capitais, as operações não iniciaram sem gerar alarde e confusão. Para a classe de taxistas, o direito adquirido por eles de atuar no serviço de transporte é ferido pelo aplicativo. A reclamação aponta que eles pagam impostos que o motorista do Uber não precisa arcar.

Já na defesa do aplicativo, seus desenvolvedores alegam ser uma maneira mais solidária de “dar carona” por meio de carros e motoristas “particulares”, mediante uma taxa, para pessoas que estão conectadas e necessitando do meio de transporte para se locomover.

A regulamentação do aplicativo segue sendo debatida em várias câmaras municipais. No Senado, há um projeto de Lei que tramita de forma lenta, sujeito a pressões de todos os lados interessados.

Enquanto isso, a empresa usa a seu favor a preocupação em satisfazer as necessidades de seus usuários, como a questão de poder dividir a conta ou a oferta de serviços inéditos, como o UberPet.

No exterior, o Uber opera em mais de 350 cidades.

Você vai se interessar por:

Sua conta garantida

Dividir uma conta sempre é bom, mas certas despesas são exclusivas suas. Mas para a conta do celular, você pode contratar um serviço que oferece o pagamento total ou parcial em caso de perda de renda mensal. O Vivo Conta Garantida pode ser contratado por trabalhadores com vínculo empregatício e autônomos que, além de garantir seus pagamentos, ainda concorrem a prêmios em dinheiro.

> Vivo Conta Garantida: Assegure 3 meses de conta paga de celular em caso de desemprego

O que achou dessa novidade do Uber? Deixe seu comentário!

Bateria fraca no celular
Uber tem Perfil Família
Uber Família
Formalizando o aluguel mensal de carros
Usando o app Cabify Brasil
Usuário decide entre Uber ou táxi