Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Até documentos de identidade podem ceder espaço para smartphones

A- A+

Pare e pense: e se os documentos de identidade fossem substituídos pelos smartphones? Essa é uma pergunta que pode encontrar resposta num futuro não tão distante assim. A popularização dos gadgets e o seu uso para as mais diversas tarefas aproxima essa ideia momentaneamente inusitada da realidade.

Se não todas as nossas identificações, alguns documentos importantes já podem estar com os dias contados, rumando ao dispositivo tecnológico. Uma empresa austríaca com mais de 200 anos de existência está propondo que o passaporte passe a ser acessado através dos smartphones.

Pessoa usando documentos de identidade no telefone.

Empresa austríaca quer tornar documentos de identidade acessíveis no smartphone. Foto: iStock, Getty Images

Documentos de identidade no smartphone

De acordo com informações publicadas no portal Bloomberg Business, a empresa austríaca Oesterreichische Staatsdruckerei Holding AG (OeSD) teria desenvolvido um aplicativo capaz de garantir a segurança de todos os tipos de dados pessoais, substituindo completamente documentos físicos importantes, que contam com menor proteção e que são extraviados com mais facilidade.

Governos em diversas partes do mundo já tentam utilizar algumas facilidades através dos smartphones, mas em aeroportos, por exemplo, acabam esbarrando na necessidade de ter diferentes aplicativos para cada documento de identidade diferente.

Novidade disponível no próximo ano

Segundo a própria empresa, seu software estará pronto para lidar com todos os tipos de documentos em breve: a previsão é que possa entrar em operação até 2017.

Em entrevista, o diretor-executivo da empresa e encarregado da área de inovação, Lucas Prami, afirmou que esse é um caminho natural em relação aos documentos de identidade, já que tudo está se movendo para os smartphones. No entanto, segundo ele, isso ainda esbarra em um problema: identificação pessoal não é prioridade, o que atrapalha a busca por evoluções nesse sentido.

A OeSD iniciou suas atividades em 1804, como parte da imprensa escrita do império austríaco. Agora, na mão de empresários, tenta se firmar gradativamente na área de tecnologia. Há cerca de três ou quatro anos, a empresa passou a investir também em aplicativos.

Isso tem aproximado a empresa austríaca de outras duas gigantes da tecnologia, a Google e a Apple, cujo foco maior em comércio eletrônico é a transformação dos smartphones em carteiras digitais, utilizando apenas cartões de crédito. Principalmente via NFC, o Near Field Communication (algo como Campo Próximo de Comunicação, em tradução livre), o método tem dinamizado pagamentos e facilitado a vida dos consumidores ao redor do mundo.

Você vai se interessar por:

Segurança para os seus bens

Todas as inovações tecnológicas e cuidados são sempre bem-vindos, mas a melhor maneira de garantir a proteção dos seus bens é por meio de um seguro. Com o Seguro Proteção Urbana – Bolsa Protegida, você recebe uma indenização para o seu acessório, bem como para os objetos nele contido, em caso de roubo ou furto qualificado. Nessa categoria, estão incluídas bolsas femininas, maletas, pastas ou mochilas. Você ainda conta com a comodidade e segurança de pagar seu seguro mensalmente através de sua fatura de celular Vivo.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

O que espera de novidades futuras para os documentos de identidade? Comente!

vale a pena comprar celular top de linha
smartphone com maior tela
tablets ou smartphones
Modelo de celular simples e barato
Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo