Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

As vantagens de morar em apartamento pequeno

A- A+

Para uns, é uma opção. Para outros, uma necessidade. Mas para ambos, sair de um espaço maior para um apartamento pequeno exige algumas adaptações. Conviver em um espaço menor significa acumular menos e doar mais e, sobretudo, saber viver com pouco.

Apartamento pequeno x desapego

Um estudo da universidade norte-americana UCLA realizado em 2012 com 32 famílias de classe média de Los Angeles apontou que 75% das famílias observadas não podiam estacionar seus carros na garagem, uma vez que elas estavam cheias de objetos sem uso.

A mesma pesquisa mostrou que todos os problemas das mães que estava ligados ao estresse começaram por perder tempo arrumando coisas. Esses dois dados, por si só, já valem diversas teorias interessantes sobre o desapego.

apartamento-pequeno

Acumular menos e doar mais é vantagem de apartamento pequeno. Foto: iStock, by Getty Images

 

Seja por uma crise financeira, por uma separação ou pelo primeiro passo rumo à independência, quando se sai da casa dos pais, morar em um apartamento pequeno requer um senso prático. É preciso saber viver com o essencial. Mas isso não significa viver mal. É possível ser feliz em pequenos espaços, formando um ambiente acolhedor.

Apartamento pequeno x estilo de vida

No mundo inteiro, milhares de pessoas estão optando por um estilo de vida simples. Essa atitude prioriza o consumo consciente e engloba diversas ações – desde comprar menos, descartar menos e reciclar mais, trocar o automóvel pela bicicleta e até mesmo trocar aquela casa enorme (que gera um grande gasto) por um apartamento pequeno.

Um dos expoentes desse estilo de vida é o escritor e designer Graham Hill, que viaja pelo mundo para falar sobre sustentabilidade e minimalismo. Em um artigo para o The New York Times, ele revelou que levou 15 anos para conseguir praticar o desapego e viver melhor.

Após vender uma empresa por uma boa quantia, ele comprou uma casa grande e se preocupou com a mobília. E foi justamente nesse processo que ele percebeu que ter muitas coisas, mesmo com poder aquisitivo, o deixava mais ansioso. E foi daí que a partiu a ideia de trocar tudo por um apartamento pequeno.

Hill argumentou, em palestra durante a conferência TED – voltada à disseminação de novas ideias – que os americanos têm, hoje, o triplo do espaço de moradia que tinham há 50 anos e que, ainda assim, não têm espaço suficiente para guardar suas coisas. Para ele, a mudança para um apartamento pequeno é uma economia de dinheiro e rende maior tranquilidade.

Defensor de uma vida simples, ele sustenta que nem todos precisam viver em um apartamento de 40 metros quadrados, mas fazer adaptações, como mudar de um local de 200 metros quadrados para um de 150 metros quadrados, já fazem a diferença para uma vida melhor e também para a preservação do planeta em função do consumo menor.

Para algumas pessoas, morar em um apartamento pequeno também significa facilidade na organização das coisas, economia com os serviços e produtos de limpeza e, muitas vezes, um lar mais aconchegante. Fazer móveis sob medida para pequenos espaços é muito mais barato e facilita o aproveitamento da área útil.

Assistência 24 horas

Se você está mudando de casa e quer evitar dores de cabeça com pequenos imprevistos do dia a dia, é possível garantir serviços como encanador, eletricista, socorro mecânico, chaveiro e indicação de diversos profissionais por meio do Vivo Assistência Casa e Auto. A contratação é rápida e o pagamento do serviço é facilitado, vindo junto da conta do celular.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta eletricista, encanador, chaveiro e mais para casa

Gostou das dicas para apartamento pequeno? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro