Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Conheça as opções de crédito para pessoa jurídica

A- A+

O empréstimo bancário é uma forma de obter dinheiro para organizar as suas finanças pessoais, quitar dívidas ou mesmo realizar sonhos. Para as empresas funciona do mesmo modo, mas a partir do crédito para pessoa jurídica. Mesmo semelhante às modalidades comuns, ele segue regras específicas. É possível ter acesso, inclusive, a linhas destinadas especificamente para quem é um microempreendedor e deseja alavancar o seu negócio.

Tipos de crédito para pessoa jurídica

Iniciar uma empresa, mesmo de pequeno porte, não é tarefa fácil e mantê-la durante os anos seguintes pode ser ainda mais difícil. Para conseguir crédito para pessoa jurídica e expandir o seu negócio, uma alternativa é recorrer ao a instituições como o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Ele conta com linhas de crédito específicas para o micro, pequenas e médias empresas e os recursos são repassados a partir do Cartão BNDES, disponível para negócios que tenham faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões. A partir do crédito concedido, é possível ter acesso a produtos e equipamentos necessários para o seu empreendimento.

Entre as outras instituições bancárias e financeiras, também é possível conseguir opções de crédito para pessoa jurídica que ofereçam capital de giro para a sua empresa. Ou seja, que permitem que você disponha do dinheiro necessário para pagar fornecedores, realizar novas compras e manter o negócio em funcionamento.

Como as opções são diversas, a dica é procurar as melhores taxas e condições de pagamento. Uma alternativa é o refinanciamento de veículos, indica a educadora, terapeuta e assessora financeira da REORG Gestão Financeira, Ana Paula Pavanatti.

O BNDES possui linhas de crédito específicas para microempreendores. Foto: iStock, Getty Images

O BNDES possui linhas de crédito específicas para microempreendores. Foto: iStock, Getty Images

Cuidados com o crédito para pessoa jurídica

Antes de pedir um empréstimo como pessoa jurídica, os cuidados a serem analisados são semelhantes aos que você teria antes de solicitar o crédito pessoal: avalie os recursos disponíveis e tenha a certeza de que não é possível pagar as dívidas ou ampliar o seu negócio a partir de outras soluções, que envolvam juros menores.

Conforme explica a Ana Paula, a atenção é necessária por conta das particularidades ligadas ao empréstimo empresarial. Na maioria das vezes, o dinheiro que vai ser utilizado para quitar a dívida depende do fluxo de vendas.

Se o movimento não for o esperado e o negócio não estiver com o caixa em dia, os riscos aumentam. Ela alerta ainda que é fundamental estar atento às opções oferecidas através do cartão de crédito, que pode se tornar um problema quando utilizadas de maneira errada.

“Se a empresa solicitou um crédito à instituição e não conseguiu pagar em dia estas parcelas, toda a renda recebida através do cartão de crédito fica retira até quitar a dívida, incluindo os juros”, completa Ana Paula. Ou seja, o que era para ser solução se torna uma dificuldade maior ainda.

Tarifas em bônus

Quer mais economia na sua empresa? Uma forma de economizar em tarifas bancárias é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas sobre crédito para pessoa jurídica? Compartilhe!

 

Empréstimo ou financiamento
É importante entender de finanças bem antes de sair de casa.
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
não consigo pegar empréstimo
como lidar com a avareza