Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Aprenda a identificar quais são as suas despesas bancárias

A- A+

As despesas bancárias às vezes parecem insignificantes quando olhadas de forma separada, mas podem consumir parte importante do seu orçamento quando somado o valor total. Há situações em que elas são confundidas com outros valores e o pagamento nem é percebido. Saiba que conhecer essas taxas e aprender a identificá-las é também uma forma de economizar.

Despesas bancárias devem ser consideradas

Nem sempre as tarifas bancárias são consideradas na hora de escolher a instituição financeira em que o seu dinheiro vai ser depositado, e é aí que começa o problema. Conforme explica o blogueiro do O Pequeno Investidor, Fábio Almeida, é importante negociar esses valores e buscar sempre os bancos que oferecem as melhores taxas e condições.

Mas, como aprender a identificar essas despesas? O primeiro passo é ler o seu contrato com atenção, lá é possível encontrar alguns números que vão aparecer mais tarde, durante o uso do seu cartão. Em outros casos, Almeida indica que basta uma olhada no extrato para identificá-las.

“Na dúvida sobre uma despesa que você não sabe o que é, há boas chances de ser uma tarifa bancária. Mas não custa perguntar a seu gerente o que é aquilo”, alerta ainda. A importância de saber reconhecê-las é poder incluir também esses valores no planejamento financeiro. Afinal de contas, também são gastos que você acumula todos os meses.

Ao conferir seu extrato, verifique também o valor das despesas bancárias. Foto: iStock, Getty Images

Ao conferir seu extrato, verifique também o valor das despesas bancárias. Foto: iStock, Getty Images

 

Despesas bancárias variam

As taxas que você vai pagar dependem da modalidade da sua conta, do seu cartão e ainda dos serviços adicionais contratados junto ao banco. Como esse pacote varia, Altemir Farinhas,  palestrante especialista em finanças pessoais, defende que é fundamental saber quais são os custos envolvidos.

“Muitas pessoas estão pagando por produtos ou serviços que nem utilizam. Outros pagam taxas extras utilizarem mais serviços do que os disponíveis em seu pacote. Gastos com tarifas, anuidades de cartão de crédito e outros podem ser reduzidos ou até eliminados”, complementa.
Em alguns casos, por exemplo, as taxas cobradas são mais baixas, mas há um número limitado de saques e extratos. Para realizar operações além, o cliente precisa pagar um valor extra. Para não precisar arcar com mais gastos, a solução é planejar o uso do dinheiro e ficar dentro da cota estabelecida.
A anuidade do cartão também exige cuidado. Os pacotes mais completos permitem mais vantagens, inclusive a troca de milhas por produtos, serviços e descontos. Por outro lado, custam mais caro. Antes de escolher a opção desejada, verifique se ela realmente atende os seus interesses.

 

Tarifas em bônus

Uma forma de economizar em tarifas bancárias é convertendo essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas sobre despesas bancárias? Compartilhe!

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
não consigo pegar empréstimo
valor das tarifas bancárias
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho