Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Aprenda a gastar menos do que ganha com 5 boas dicas

A- A+

Se existe um ditado popular que define bem os cuidados com as finanças pessoais é o que sugere “não dar um passo maior do que a perna”. A regra de gastar menos do que ganha é a dica de ouro dos economistas.

Na teoria, tudo certo. Mas a dificuldade aparece na hora de colocar em prática os planos para equilibrar o orçamento. Controlar os impulsos e investir seus recursos somente com o necessário são caminhos para encontrar a estabilidade financeira.

Mulher pensando em como gastar menos do que ganha.

Conhecer os limites do seu salário e controlar gastos é o caminho para poupar. Foto: iStock, Getty Images

5 dicas para gastar menos do que ganha

Pronto para começar? Confira as cinco etapas sugeridas por Reinaldo Domingos, educador financeiro e presidente da DSOP, para que você chegue ao final do mês com as contas no azul.

Conhecimento

O passo inicial exige compreender a real dimensão de quanto se gasta e quanto se ganha. Muitas pessoas não sabem exatamente qual seu rendimento mensal, principalmente aquelas que têm renda variável. Mas isso pode acabar comprometendo o controle financeiro como um todo. A dica é fazer um diagnóstico detalhado dessas informações.

Respeito

Outra orientação é respeitar o seu padrão de vida. “Muita gente compra coisas que não precisa, com o dinheiro que não tem, às vezes, para impressionar pessoas que nem conhece”, afirma Domingos. Viver de acordo com a própria condição financeira permite que você conquiste as realizações que importam, de fato, para a sua vida.

Atenção

A terceira dica é prestar atenção aos pequenos gastos. Sem que você perceba, os custos dos cafezinhos, balas, gorjetas, cigarros e salgados, por menores que sejam, podem acabar extrapolando o orçamento. Diminuindo essas pequenas despesas, você pode perceber uma diferença significativa no valor que sobra ao final do mês.

Objetivos

Uma das recomendações é que você trace objetivos. Para Domingos, quando você tem um sonho bem definido, consegue ter mais foco e disciplina para não gastar mais do que deve. Pelo contrário, tem motivação para economizar em prol de algo maior.

Limites

O quinto aspecto é prestar atenção ao uso dos limites do cheque especial. Segundo o especialista, muitas pessoas encaram esse recurso como uma parte do orçamento financeiro. Cometendo esse erro, além de gastar mais do que realmente ganha, você ainda corre o risco de contrair dívidas em função dos juros cobrados pelos bancos.

Gastar menos aproxima sonhos

Gastar menos do que ganha é o primeiro passo para que consiga chegar ao fim do mês com alguma reserva. Segundo Domingos, esse é o caminho para alcançar mais realizações na vida.

Para isso, é preciso consumir de forma consciente. “Não há regra, certo ou errado, mas, para que o orçamento funcione, é preciso saber administrar o dinheiro”, diz Domingos.

Mesmo as pessoas que têm dívidas podem ser investidoras ao mesmo tempo. Segundo o especialista, tudo é questão de saber lidar com os recursos financeiros da melhor maneira possível.

O educador financeiro considera que não há como estabelecer quantias fixas para cada pessoa economizar, mas que 10% de reserva é o mínimo para realizar os objetivos de forma tranquila. “Gosto de ressaltar que de 20% a 30% de tudo o que consumimos é excesso, podendo ser diminuído ou até cortado. Portanto, é possível sim gastar menos do que ganha”, finaliza.

Você vai se interessar por:

Organize suas finanças

Para aprender a controlar as contas do lar, é preciso ouvir quem sabe. Se você quer usar o seu dinheiro de um jeito mais inteligente, conheça o Vivo Finanças Pessoais. Com ele, você recebe mensagens e participa de jogos que lhe ajudam a controlar seus gastos, poupar e investir. E você ainda participa de sorteios diários.

> Vivo Finanças Pessoais: Receba dicas por SMS e concorra a R$ 2.500 todos os dias

Você consegue gastar menos do que ganha? Conte para a gente nos comentários!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns