Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Aprenda a fazer o melhor uso de um simulador habitacional

A- A+

Um simulador habitacional é uma ferramenta que ajuda o usuário a ter uma ideia sobre como seria um financiamento em algum programa de habitação. A partir de informações básicas, a ferramenta possibilita que o mutuário entenda as possibilidades de crédito disponíveis para ele no mercado.

Cada instituição bancária possui um simulador habitacional disponível online, o que facilita a vida de quem está buscando por um financiamento imobiliário. A variedade de ferramentas disponíveis possibilita que o consumidor pesquise a melhor opção de financiamento na hora de comprar a casa própria.

Foto: iStock, Getty Images

Cada instituição bancária possui um simulador habitacional disponível. Foto: iStock, Getty Images

Preenchimento de um simulador habitacional

A principal função de um simulador habitacional é, a partir da sua capacidade de pagamento, apresentar opções de financiamentos adequados para o bolso do usuário. Para isso, o cliente precisa preencher corretamente os dados solicitados pelo formulário da ferramenta.

A depender da ferramenta, o simulador habitacional solicita apenas informações mais básicas ou um detalhamento mais completo de dados para estipular as opções de financiamento.

No caso do simulador habitacional da Caixa Econômica Federal, por exemplo, é possível formular financiamentos apenas com o preenchimento de dados como renda mensal, data de nascimento e localização do imóvel. Esses critérios são importantes porque determinam a capacidade de pagamento do usuário em termos financeiros e de tempo.

Depois do preenchimento desses campos iniciais, a ferramenta estipula a prestação máxima que o bolso do usuário comporta e estabelece algumas sugestões de prazos de acordo com o valor do imóvel desejado.

Em seguida, o usuário deve preencher outras informações relevantes para completar a simulação. Entre os critérios que influenciam na formatação do financiamento estão:

–    financiamento para pessoa física ou jurídica;

–    imóvel do tipo residencial ou comercial;

–    aquisição de um imóvel novo ou usado, terreno, construção, material de construção, reforma e/ou ampliação;

–    valor aproximado do imóvel;

–    e se o usuário já possui outro imóvel na mesma cidade.

Outra informação relevante é se o participante da simulação possui ou não Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) acumulado ou já utilizou esse recurso em algum financiamento anterior.

No caso do simulador da Caixa, outro dado importante é sobre o tipo de relacionamento que o usuário quer manter ou já mantém com o banco: ter conta corrente com cheque especial, cartão de crédito, opção de débito da prestação em conta, etc. Quanto maior o relacionamento com a instituição financeira que disponibiliza o financiamento, melhores são as condições do mesmo.

Resultado apresentado pelo simulador habitacional

Depois de todos os dados e questões respondidas, o simulador apresenta as condições finais do financiamento, estabelecendo o prazo e a cota máxima do mesmo. O valor da entrada para aquisição do imóvel também é determinado pela ferramenta.

A partir de diferentes opções de seguradoras, o simulador ainda determina as taxas de juros nominais e efetivas do financiamento e destaca os valores das parcelas iniciais e finais da transação. Outro cálculo realizado pela ferramenta é o do Custo Efetivo Total (CET).

O simulador habitacional pode ser utilizado várias vezes pelo usuário. Depois que este acha as melhores condições de financiamento, ele pode imprimir a proposta da simulação e ir à agência mais próxima com a documentação necessária para fechar a negociação do financiamento.

Gostou das dicas para simulador habitacional? Compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
almofadas para sofá
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet