Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

App Foap permite lucrar com as fotos que faz no celular

A- A+

Publicar fotos em redes sociais, diretamente do smartphone, faz parte da rotina de muita gente. Mas que tal fazer disso uma fonte de renda? É o que sugere o Foap, um aplicativo através do qual você pode vender as suas fotos.

Como funciona o Foap

O Foap é voltado para os fotógrafos amadores da internet. A ideia é que o usuário licencie as melhores fotos que tirou e disponibilize em um banco de imagens, para que produtores de conteúdo e de marketing online possam comprá-las e utilizá-las.

Na página do app, os desenvolvedores anunciam o que é, segundo eles, o principal diferencial e uma grande vantagem do Foap diante dos bancos de imagens tradicionais. Ele permite que você se torne uma empresa, usando fotos reais, de pessoais reais e conte um pouco da sua história enquanto cria um repositório de imagens comerciais.

A própria responsável pelo aplicativo informa que seu sistema de moedas de recompensa foi planejado por um longo tempo, de maneira a garantir a validade real no valor obtido, condizente com as cotações monetárias do mercado econômico. Isso significa que cada moeda de dólar pode chegar a valer R$ 4 em períodos de alta.

Homem tirando foto com o Foap.

Ideia é reunir em um banco na web as imagens amadoras captadas no celular. Foto: iStock, Getty Images

A confiabilidade do site se ampara também nas empresas que formam a clientela do Foap. A cervejaria Heineken, as indústrias de produtos de higiene pessoal Axe e Garnier, a administradora financeira MasterCard, a montadora de veículos Volvo e a produtora de mídia Sony Entertainment Network são algumas delas.

No mundo digital, o Foap tem como cliente um outro aplicativo que já foi o mais baixado das lojas de Android e iOS, sistemas operacionais para o qual o comercializador de imagens está disponível. O Candy Crush, game para smartphones, utiliza os serviços dessa novidade no universo tecnológico.

Segundo o app, cada imagem pode ser vendida por até US$ 10, sendo que o valor é dividido entre a empresa e o fotógrafo. O usuário pode lucrar até US$ 5 por foto – quase R$ 20 na cotação atual.

Foap e o desejo pela renda extra

O Foap não é um aplicativo brasileiro, mas pode fazer sucesso por aqui em função de ser um complemento a um desejo da população do país.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria identificou que mais da metade das pessoas sente necessidade de encontrar formas alternativas de aumentar a renda, sem prejudicar os empregos formais.

É isso que o aplicativo promete. Com as fotos que você faz nos momentos de lazer ou nos caminhos por onde passa em seu dia a dia, pode complementar a sua renda familiar sem sair de casa e sem a necessidade de dedicar ao projeto um tempo que você não tem.

Você vai se interessar por:

Saiba comprar celular de acordo com seu perfil de uso

Tecnologia ajuda a organizar fotos digitais

Descubra o melhor smartphone para selfie e fique bem na foto

Acesso garantido à tecnologia

Para fazer uso da tecnologia e não ficar sem saldo, é importante estar com a recarga em dia no seu celular. Você sabia que a Vivo possui um serviço de seguro de recarga, que pode fazer a diferença na hora em que você mais precisar? Em parceria com a Zurich Seguros, a empresa oferece o plano Recarga Garantida. O pagamento mensal, de R$ 4,99, dá direito a R$ 80 em crédito no celular em caso de desemprego.

> Vivo Recarga Garantida: Assegure R$ 80 de carga no celular pré-pago em caso de desemprego

Gostou de conhecer o aplicativo Foap? Deixe seu comentário.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
Saiba como ganhar uma renda extra com aluguel
como funciona o auxílio maternidade
como funciona o auxílio creche