Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Aplicativo Qipu dá ajuda extra ao microempreendedor individual

A- A+

Abrir uma empresa não é tarefa simples. Gerenciá-la sozinho, menos ainda. Foi das necessidades dos Microempreendedores Individuais (MEI) que nasceu o aplicativo Qipu. Produto criado em parceria entre o Sebrae e o Buscapé, o app ajuda a controlar as despesas e a lembrar das obrigações legais e dos benefícios.

As vantagens do aplicativo Qipu

Feito sob medida para o público MEI, o aplicativo Qipu ajuda a manter as empresas mais organizadas e em dia com suas atribuições. Através dele é possível controlar as vendas, gerenciar as despesas e administrar o negócio com breves toques na tela do seu telefone. Ele é gratuito e está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Com o app, diminuem os riscos de o microempreendedor perder as datas mais importantes para a empresa. Um mecanismo de alerta envia avisos ao usuário sempre que se aproximarem os períodos de pagamento do carnê do MEI, como o DAS (Documento de Arrecadação Simplificada).

Aplicativo qipu

App gera relatórios mensais que ajudam na prestação de contas com a Receita. Foto: iStock, Getty Images

Além das obrigações, o aplicativo Qipu também avisa o cadastrado sobre a conquista de novos benefícios. Quando auxílio-doença, licença-maternidade e aposentadoria e outras vantagens forem conquistadas, o software envia notificação para o usuário.

Para otimizar o gerenciamento do negócio, o Qipu permite que você registre as vendas que faz. Você pode inserir os dados do cliente, como CPF e os meios que tem para contatá-lo, e ainda economiza na impressão de recibos, já que pode enviá-los para o e-mail do consumidor.

No controle das finanças, é possível lançar gastos e vendas mensais no aplicativo para fins de análise do próprio MEI ou para a geração de um relatório mensal. Esse documento, que contém as despesas e receitas do período, pode ser utilizado até mesmo na declaração anual à Receita Federal, caso tenha sido preenchido corretamente.

O Qipu também pode exibir notificações para avisar quando o Microempreendedor Individual estiver próximo do seu limite de faturamento. Para ser caracterizado como MEI, o empresário precisa faturar cerca de R$ 5 mil por mês e não pode ultrapassar o limite de R$ 60 mil em faturamento ao longo de um ano.

Segundo o Sebrae, o Brasil tem cerca de 5 milhões de MEIs atualmente, ou seja, pessoas que não faturam mais do que R$ 60 mil em um ano e gerenciam seus pequenos negócios. O aplicativo Qipu é uma forma de viabilizar as atividades dessa parcela da população e reforçar as políticas de capacitação em gestão exercidas pela entidade.

Cadastre-se no aplicativo Qipu

Aplicativo qipuO layout do Qipu já busca demonstrar a sua tentativa de facilitação. Simples e intuitivo, ele tem campos de cadastro que podem ser acessados quando você seleciona a opção “cadastre-se gratuitamente”. Na sequência, você será direcionado à uma página que lhe dará as opções de cadastro usando os dados do Facebook, do Google+ ou com outro endereço de e-mail.

Se você optar pelos cadastros com contas já ativas, suas informações básicas já serão preenchidas. Caso escolha pelo e-mail, insira os dados solicitados. Nome, sobrenome, e-mail que irá utilizar e uma senha de sua escolha. Antes de prosseguir, lembre-se de ler e aceitar os termos e condições de uso do app.

Na sequência, você deve inserir dados como CNPJ ou CPF, sua data de nascimento e sexo, além de selecionar as atividades que a sua empresa exerce. Informe se tiver funcionários. Por fim, selecione o Estado e a cidade em que a empresa está localizada. Toque em Continuar e já poderá começar a utilizar o aplicativo.

Como o aplicativo Qipu representa uma tentativa de aumentar a inclusão digital dos MEIs, é possível que você tenha algumas dúvidas durante a utilização. Para saná-las basta acessar o canal de tutoriais do app no YouTube e aprender a aproveitar todas as funcionalidades que ele oferece.

Você vai se interessar por:

Você já utiliza o app Qipu em seu negócio? Deixe seu comentário!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria