Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Antecipação do décimo terceiro: quando solicitar?

A- A+

Quando o assunto é o seu dinheiro, é provável que você já tenha ouvido falar muito sobre planejamento. Afinal, a organização é essencial na correta gestão das finanças – e isso inclui agir com antecedência e pensar na frente. A antecipação do décimo terceiro salário, quando solicitada no início do ano, segue esse conceito.

Colaborador pedindo a antecipação do décimo terceiro.

Segundo a legislação, benefício deve ser pago ao trabalhador junto com as férias. Foto: iStock, Getty Images

Como solicitar a antecipação do décimo terceiro

Querendo adiantar o pagamento das suas contas? Ampliar as férias? Fazer uma reforma? De acordo com a SPC Brasil, três em cada dez brasileiros planejam pagar as contas de início de ano com o décimo terceiro salário. Se você é um deles ou já conta com o valor para outros fins, é importante conhecer as exigências do pedido.

A legislação prevê que o décimo terceiro deve ser pago em duas parcelas, metade entre fevereiro e novembro de cada ano, e a segunda até dia 20 de dezembro.

Segundo o previsto no Decreto nº 57.155/65, a primeira parcela do benefício deve ser paga junto com as férias do trabalhador, desde que ele faça a solicitação ainda em janeiro. Ou seja, quem deseja a antecipação do décimo terceiro salário, não pode perder o prazo.

Cuidados na antecipação do décimo terceiro

Mas é preciso ter cuidado com os pedidos de antecipação. Pagar dívidas ou aplicar em fundos de investimento são bons negócios, porém é preciso lembrar que, no final do ano, esse valor pode faltar para quitar outras despesas, como os impostos.

Ou seja, a dica é não tomar empréstimo apenas para ter dinheiro antes, mas para dar algum destino que traga vantagens, como descontos pelo pagamento em parcela única de IPTU, IPVA, matrículas escolares, outras dívidas acumuladas que possam ser negociadas ou algum planejamento que o pagamento à vista traga benefícios.

Sempre é importante lembrar que o valor antecipado não estará na composição da sua renda no final do ano, por isso, pense bem antes de estipular o valor. Os bancos chegam a antecipar até 90% do valor, com empréstimos de R$ 500 a R$ 20 mil. Fique atento também às taxas de juros e compare na hora de procurar um investimento para ver se vale a pena.

Dependendo do valor da taxa ou do desconto, avalie se não vale a pena manter o dinheiro reservado e parcelar uma eventual dívida ou aguardar o final do ano para se comprometer. Cada caso deve ser analisado individualmente.

Da mesma forma, avalie seu próprio perfil para que um eventual empréstimo seja honrado e não se torne uma dívida a mais para você no final do ano, já que lá na frente pode esquecer do que já foi gasto. Se você tiver um perfil ansioso, é mais um motivo para dar destino imediato ao dinheiro, seja em pagamentos ou investimentos.

Você vai se interessar por:

Crédito emergencial ao seu alcance

Se a dificuldade financeira atrapalha até mesmo operações básicas do dia a dia, como a sua comunicação, é possível contar com um serviço que garante o saldo no celular. Com o Vivo Crédito Antecipado Voz você pode solicitar uma recarga emergencial de R$ 3 para falar e enviar SMS para todo o Brasil. O valor é descontado automaticamente da sua próxima recarga ou da fatura da sua conta Controle.

> Crédito Antecipado de Voz: Garanta R$ 3 de crédito até a próxima recarga do celular pré-pago

Você tem uma boa dica sobre a antecipação do décimo terceiro? Comente!

quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
gazebo dobrável
melhor forma de economizar
como economizar na limpeza
aplicativos para economizar no supermercado