Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Andar de moto é mais econômico do que de carro

A- A+

Você está em dúvida entre comprar um carro ou uma moto? Se os custos forem decisivos para a sua decisão, então considere passar a andar sobre duas rodas. Com preços menores na hora da compra e também na manutenção, ela é uma opção econômica.

Custo de manutenção é vantagem da moto

Não é difícil entender por que uma moto tende a ser mais econômica do que um carro. Ainda assim, é importante colocar os números no papel para ter mais clareza sobre o que eles podem significar em termos de orçamento.

Veja como exemplo a compra de um carro ou uma motocicleta popular, para percorrer cerca de 80 quilômetros por dia, 20 dias ao mês. Se você optar pelo veículo de quatro rodas, terá um custo aproximado de R$ 8 mil reais ao ano, contando IPVA, DPVAT, gasolina e revisões. Já com a compra de uma moto no valor de R$ 7 mil reais, teria uma despesa de, em média, R$2,8 mil, levando em conta os mesmos itens.

As motos são ainda uma opção que permitem maior mobilidade ao condutor. O diretor comercial da WebMotors, Thiago Andrade, lembra que em São Paulo, por exemplo, elas representam também uma alternativa quando o carro está preso no rodízio de veículos.

moto na estrada

Além do custo menor na hora de comprar, as motos são mais econômicas também na manutenção. Foto: iStock, Getty Images

Desvantagens na aquisição de uma moto

Embora a economia seja argumento fundamental na hora de comprar um veículo, também é preciso pensar na utilização que você vai dar a ele. Para Paulo Garbossa, consultor automotivo, a motocicleta vai ser menos vantajosa quando for uma opção para quem trabalha longe ou já se adaptou, ao longo dos anos, a dirigir um carro. Nesse caso, a mudança pode ser difícil, sobretudo nos dias de chuva. Os riscos maiores em acidentes de trânsito também precisam ser levados em conta e vão depender, inclusive, do seu perfil como motorista.

Como aponta pesquisa realizada em 2013 pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, quase 90% dos acidentes que envolvem motos são resultado da imprudência de seus condutores. Para motocicletas de baixa cilindrada, que são muito visadas por ladrões, há ainda que se considerar os custos de um seguro, que pode ser mais caro por conta alto do risco de roubo.

Mais segurança para você

Como você viu, comprar uma moto tem vantagens, mas também riscos, por isso é importante estar preparado. A Vivo, em parceria com a ACE Seguradora, oferece seguros de acidentes pessoais e vida. Além disso, a contratação garante minutos grátis para falar de Vivo para Vivo nos finais de semana, além de sorteios mensais pela loteria federal. Tudo isso com a comodidade de pagar o seguro através da fatura do celular.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

Gostou das dicas sobre moto? Compartilhe!

O controle financeiro pessoal e o futebol
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images
Passo a passo para planejar financeiramente a gravidez
Opção para investir em commodities