Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Alugar apartamento mobiliado exige responsabilidade do locatário

A- A+

Quando a mudança de moradia é uma demanda urgente e não há tempo de comprar a nova mobília, recorrer ao aluguel de um apartamento mobiliado pode ser a solução. Atualmente, esse tipo de modalidade é bastante ofertada, mas só com os devidos cuidados você faz um negócio bom para o bolso e seguro, evitando prejuízos posteriores.

Quando alugar um apartamento mobiliado

Para o vice-presidente de Locação do Sindicato da Habitação do Rio Grande do Sul (Secovi-RS), Leando Hilbk, o aluguel de um apartamento mobiliado é válido quando o inquilino está em situação de grande mobilidade, não sabendo se o seu atual endereço permanecerá o mesmo por muito tempo. “Estudantes, recém-casados e profissionais recém-formados são os que costumam buscar esse tipo de locação”, diz.

Cabe ao locatário a conservação de toda a mobília, assim como do imóvel como um todo.

Um dos itens mais importantes durante a locação é a vistoria do imóvel. Foto: iStock, Getty Images

Entretanto, toda comodidade tem seu preço. O aluguel do apartamento mobiliado tem um valor maior, mas não há um padrão de diferença de preços. “Depende da qualidade e da quantidade de móveis e utensílios que estão disponíveis”, sustenta Hilbk.

Conforme o executivo do Secovi-RS, em Porto Alegre, a oferta de apartamento mobiliado está em 3,41%. “Ainda é um mercado pequeno, mas está em franco crescimento por trazer muitas facilidades ao locatário”, avalia.

Você vai se interessar por:

Valor do condomínio é fator importante ao procurar apartamento

Veja 4 dicas para comprar apartamento

Vai comprar ou alugar? Saiba os principais cuidados com anúncios das imobiliárias

Dicas para locar um apartamento mobiliado

Mudar para um apartamento mobiliado, levando apenas seus objetos pessoais, é um conforto e tanto, mas também exige responsabilidade do locatário. Segundo Hilbk, no final da locação, o imóvel e a mobília devem ser entregues nas mesmas condições que o inquilino recebeu. “É um cuidado maior a ser tomado”, descreve.

Confira três dicas importante para fazer o melhor negócio para você:

Verifique o contrato

Via de regra, cabe ao locatário a conservação de toda a mobília, assim como do imóvel como um todo. É importante ler atentamente todas as cláusulas do contrato antes de assinar e verificar o que consta, por exemplo, sobre a manutenção de aparelhos.

Estragou, e agora?

Em quase todos os casos, o locatário deve pagar o conserto de qualquer bem que possa vir a estragar. Entretanto, caso desconfie que o defeito era anterior à sua entrada no imóvel, é importante notificar o proprietário para averiguar junto com a assistência técnica.

Atenção à vistoria

Um dos itens mais importantes durante a locação é a vistoria do imóvel. Cheque junto com o proprietário (ou com o agente imobiliário) cada móvel vistoriado. Isso pode evitar problemas futuros.

 

Interessado em um apartamento mobiliado? Cadastre-se e receba a nossa newsletter!

Saiba como ganhar uma renda extra com aluguel
sair da casa dos pais
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar
dividir aluguel com alguém
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote