Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Acredite: celular à prova d’água pode até ser lavado

A- A+

Conhece aquele famoso ditado popular: “Lavou, tá novo”? Agora, ele vale para seu smartphone também. É que a Kyocera lançou um celular à prova d’água e lavável. Acredite: você pode botar o aparelho embaixo da torneira e lavar de verdade, com água e sabão. Mas será que é útil ou apenas inusitado?

Digno Rafre é celular à prova d’água

Com tecnologia inovadora, Digno Rafre deve chegar ao Brasil com preço salgado. Fotos: Divulgação, Kyocera

Conheça o celular à prova d’água

O modelo de celular à prova d’água criado pela Kyocera pode ser lavado por não contar com alto-falante e sim um sistema de reprodução via indução óssea. A tela é sensível ao toque, que consegue identificá-lo mesmo embaixo d’água. Chamado de Digno Rafre, o aparelho foi lançado no Japão no início do mês e não oferece risco de danos aos componentes internos.

O aparelho pode ser considerado ideal para quem trabalha em ambientes diversos, precisa manusear o celular eventualmente com as mãos molhadas ou quer ficar tranquilo com a higiene do celular. Afinal, se ele ficar sujo, pode ser lavado em água corrente.

Digno Rafre é celular à prova d’águaConfigurações do Digno Rafre

– Android 5.1

– Tela de 5 polegadas

– Resolução HD (720 x 1280 pixels)

– Câmera principal de 13 megapixels

– Câmera frontal de 2 megapixels

– Bateria de 3.000 mAh

– Memória RAM de 2GB

– Possui 10,1 mm de espessura e 155g.

E quanto custa?

O celular à prova d’água da Kyocera ainda não está disponível no Brasil, mas uma conversão do preço praticado no Japão já dá a ideia de que ele não será barato. Sem considerar impostos, seu valor é estimado em cerca de R$ 1.900 – preço de smartphone top de linha.

Função inusitada, mas útil

Buscar soluções para secar celular, tudo bem. Mas, afinal de contas, por que alguém iria querer lavar o aparelho? Bem, essa seria a forma mais segura de mantê-lo limpo e livre de bactérias, fungos e outros micro-organismos e agentes que podem ameaçar nossa saúde.

Especialistas indicam uma limpeza periódica com alguns tipos de álcool com menor concentração de água, mas o novo aparelho resolveria o problema. São tantas as funções dos celulares que eles estão sempre nas nossas mãos – que passam por todos os lugares.

Enquanto você não adquire o seu lavável ou as demais empresas não adotam o sistema, a orientação válida é manter as mãos limpas para também deixar seu aparelho higienizado. Por isso, lave-as com frequência (ao chegar em casa, após ir ao banheiro e depois de mexer em dinheiro, por exemplo), utilizando álcool gel, preferencialmente.

Digno Rafre é celular à prova d’água

Você vai se interessar por:

Novidades não param

E o que mais vem por aí? O celular do futuro promete fazer ainda mais parte da vida das pessoas. Cada vez mais cheio de aplicações, está virando carteira, complementando ou substituindo o dinheiro ou a necessidade de senhas.

A tecnologia também prevê ou já permite baterias com maior duração, tela flexível e interligação maior com outros aparelhos, a Internet das Coisas. Dessa forma, será cada vez mais possível aproveitar informações sobre como consumimos e oferecer produtos mais de acordo com nosso perfil. O certo é que as possibilidades parecem não ter fim.

 

Você investiria nesse celular à prova d’água? Deixe seu comentário.

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico