Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Acidentes de moto foram recordistas em indenizações em 2014

A- A+

A moto é um meio de transporte muito eficiente, principalmente nas médias e grandes cidades, por sua maior facilidade de circulação nos engarrafamentos. No entanto, essa praticidade pode ser contrastada com o alto índice de acidentes de moto no país.

De acordo com o boletim estatístico da Seguradora Líder, empresa administradora do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), 76% das mais de 760 mil indenizações pagas por acidentes de trânsito, em 2014, foram para incidentes envolvendo motocicletas.

Segundo esse mesmo levantamento anual, as motos representam apenas 27% da frota nacional de veículos, tornando esses números ainda mais alarmantes.

acidente-de-moto

Alto índice de acidentes de moto no país preocupa. Foto: iStock, by Getty Images

A fim de diminuir o número de acidentes de moto, o site do Comitê Estadual de Prevenção dos Acidentes de Moto (Cepam), do Estado de Pernambuco, dá algumas dicas preventivas.

6 dicas para diminuir o índice dos acidentes de moto

  • Preste mais atenção em dias chuvosos: pare a moto, coloque a capa e espere até a chuva remover os vestígios de óleo e de borracha na pista
  • Use os dois freios: ao acionar o pedal e os manetes, você evita que o peso recaia sobre a roda dianteira, assim, a possibilidade de perda de controle é menor
  • Trafegue com atenção: evitar os pontos “cegos”, andar sempre com o farol ligado – mesmo de dia – , não “costurar” no trânsito e evitar os corredores da pista são estratégias fundamentais para que o motociclista possa ver e ser visto
  • Utilize equipamentos de proteção de boa qualidade: vista capacete de cor clara e com adesivos refletores certificados pelo Inmetro. Além disso, deixe a viseira abaixada ou use óculos especiais e regule as tiras abaixo do queixo de maneira que fiquem firmes e seguras
  • Inspecione a moto antes de sair de casa: verifique a calibragem dos pneus, dê uma olhada também no sistema elétrico, nos freios e no combustível
  • Respeite as normas de trânsito: respeite o limite de velocidade, nunca avance sinal vermelho, parada obrigatória ou preferencial.

Ninguém quer passar por acidente de trânsito, seja ele fatal, ou de qualquer outra natureza. Por isso, além dessas dicas de prevenção, também é importante fazer o seguro para acidentes pessoais, o seguro de vida e o seguro da sua moto. Assim, você e seus familiares vão estar precavidos para qualquer uma dessas eventualidades.

Segurança para você e sua família

Prevenção nunca é demais, conforme o jargão popular. Ela pode estar presente nos mais variados níveis, representadas na forma de Seguro, a fim de ajudar você a estar precavido em todos os casos. É pensando assim, que a Vivo tem o Seguro certo para cada situação.

No Seguro Acidentes Pessoais, os clientes Vivo têm três tipos diferentes modalidades, cada uma delas com coberturas especiais. Veja no site e contrate o seu. Além disso, você pode falar de Vivo para Vivo nos finais de semana e participar de sorteios mensais da loteria federal. Tudo isso, com a comodidade de pagar o seguro pela fatura do seu celular.

> Seguros para Você: Conheça seguros de vida e acidentes pessoais

Gostou das dicas para evitar acidentes de moto? Deixe seu comentário.

O controle financeiro pessoal e o futebol
meu marido morreu tenho direito a pensão
Ela aposta na longevidade saudável
Conversando sobre direitos do consumidor do plano de saúde
Pacientes com mais de 60 anos têm direito a acompanhante em caso de internação. Foto: iStock, Getty Images
Passo a passo para planejar financeiramente a gravidez