Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Acesso digital permite entrar e sair de casa sem chaves

A- A+

Já pensou em entrar e sair de casa somente com o uso do seu celular? Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveram um sistema de acesso digital que funciona exatamente assim.

O software prevê que, ao utilizar apenas um smartphone, o usuário consiga gerar chaves virtuais que controlam o acesso de pessoas a determinados espaços físicos.

Acesso digital para carros

Tags de NFC e tecnologia Bluetooth permitirão o acesso digital em até dois anos. Foto: iStock, Getty Images

Magikey, o acesso digital

O sistema de acesso digital criado pelos pesquisadores da Unicamp faz parte de um projeto chamado Airkey, voltado para o controle de acesso social utilizando dispositivos móveis.

A base da criação é a chamada Internet das Coisas, uma tendência que aponta para objetos inteligentes que devem se comunicar para executar tarefas comuns de eletrodomésticos e outros equipamentos.

A criação do sistema de chaves virtuais foi batizada de Magikey e permite que smartphones sejam capazes de abrir portas, portões, catracas e outros tipos de inibidores de acesso.

Com o software, os anfitriões de cada local poderão controlar remotamente quem são as pessoas que podem entrar naquele ambiente e até monitorar o seu tempo de permanência.

A utilização é bastante simples. O Magikey, que dispensa chaves e a intervenção de recepcionistas, funciona através de um aplicativo instalado no smartphone de quem controla ou acessa o ambiente. O anfitrião deve enviar um convite através do app para as pessoas que poderão entrar e sair daquele local.

Somente quem tem esse convite, ou seja, a permissão, é que poderá circular livremente no ambiente coordenado pelas fechaduras inteligentes. Para a abertura dos locais, basta que aproximar o smartphone com a chave de acesso digital dos sensores, que deverão estar instalados perto das portas, portões ou catracas.

O software do Magikey é compatível com iOS e Android, mas a abertura só pode ser feita pelos aparelhos que possuem tecnologia NFC, que envia dados por aproximação. Os usuários podem definir, ao enviar uma chave de acesso digital, os horários em que aquela pessoa poderá entrar no ambiente e quanto tempo pode permanecer lá.

Você vai se interessar por:

Acesso digital nos veículos

A invenção dos cientistas da Unicamp faz parte de um cenário que cresce e se firma no meio tecnológico. O sistema de Internet das Coisas deve ser uma realidade até 2020, quando os pesquisadores estimam que haverá cerca de 50 bilhões de dispositivos conectados a redes de internet ao redor do globo terrestre.

Veículos, por exemplo, devem ser integrados a essa revolução em breve. A Volvo, montadora sueca de automóveis de alto padrão, já anunciou que alguns dos carros fabricados a partir de 2017 não serão mais acionados ou destravados por chave. Um aplicativo de celular será o responsável por dar a partida no motor.

O acesso digital também se dará por chaves virtuais. Ao entrar no carro, você abre o aplicativo e ele conectará o smartphone diretamente ao sistema da Volvo. Acontece então a combinação das chaves. Se o código do app – que é exclusivo para cada unidade – for compatível com o do sistema do veículo, será dada a partida.

Segundo a Volvo, a Internet das Coisas nos veículos facilitará também uma tendência futura do uso de automóveis: o compartilhamento. Principalmente nas cidades em que a frota é maior do que a capacidade das vias, ter um carro que é utilizado por várias pessoas pode ser uma solução mais barata e sustentável.

 

O que acha da ideia de controlar sua casa e carro pelo smartphone? Comente!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria