Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

7 dicas para melhorar as suas decisões financeiras

A- A+

Quem é independente, sabe o sufoco que passa a cada final de mês. São tantas contas que é preciso esticar muito o dinheiro para não virar o mês no vermelho. Mas especialistas afirmam que tomar as decisões financeiras corretas é o que determina o sucesso ou fracasso do seu orçamento.

Aquele sonho que você já cansou de esperar por falta de dinheiro, por exemplo, pode não ter acontecido simplesmente porque você tomou as decisões financeiras erradas. Se quer reverter a situação e conseguir poupar um dinheiro, pode começar hoje mesmo.

Decisões financeiras corretas influenciam diretamente em seu orçamento.

Cortar gastos supérfluos na sua casa é um hábito saudável ao bolso. Foto: iStock, Getty Images

As 7 decisões financeiras mais inteligentes

1. Não antecipe o 13º salário

Mesmo que o ano esteja quase acabando e que algumas contas pesem no bolso, antecipar o 13º salário é uma das decisões financeiras que irá trazer prejuízo.

Alguns bancos oferecem linhas de crédito para a antecipação do pagamento, mas esse valor você irá devolver depois – e com juros. Prefira fazer um esforço maior e receber esse benefício depois, como um verdadeiro bônus.

2. Corte gastos

Pode parecer óbvio, mas muita gente ainda não percebeu que é quase impossível realizar um sonho comprando tudo que vê pela frente. Ache uma forma de controlar seus impulsos por consumo, gaste menos e de forma consciente.

3. Pague à vista

Com a possibilidade de dar margem a descontos, o pagamento à vista é bastante indicado para pessoas pouco (ou nada) controladas. O cartão de crédito, apesar de ter vários benefícios e vantagens para quem sabe usar, costuma virar uma extensão da renda. Se você não tem disciplina financeira, é um candidato ao endividamento.

4. Fique apenas com o que usa

Vender os pertences que não usa mais pode ser uma forma de ganhar um dinheirinho extra. Além disso, ao organizar suas coisas, você pode ter uma ideia de quanto investiu em objetos que talvez nunca tenha usado. Isso dará mais consciência sobre o consumo.

5. Aprenda a renegociar dívidas

Se você está mergulhado em dívidas, uma das decisões financeiras mais inteligentes é aprender a renegociá-las. O que você paga de juros por atraso (ou mesmo em parcelamentos) muitas vezes não compensa a negociação. Procure outros meios. Um empréstimo com juros menores pode ajudar a esgotar uma dívida, pagando menos.

Você vai se interessar por:

Educação familiar: descubra por que conversar sobre finanças

Especialista recomenda 5 bons livros sobre finanças pessoais

Aproveite a segunda-feira para começar a organizar sua vida financeira

6. Antecipe-se às contas

Contas mais altas, como o IPVA do veículo, costumam quebrar o orçamento de muita gente. Mas verdade seja dita: não se trata de um imprevisto. Ao contrário, você sabe que terá essa dívida todos os anos. Reserve um dinheiro para esse imposto.

7. Planeje

A chave do sucesso financeiro é o planejamento. Sabendo quanto precisa guardar para emergências, para contas fixas e para as variáveis (como o já citado IPVA), você nunca será pego de surpresa.

 

Gostou das dicas sobre as melhores decisões financeiras? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado