Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

7 dicas de vendas em domicílio para seu negócio decolar

A- A+

Em tempos de crise, é natural que muitos empreendedores passem a desenvolver os negócios na sua própria casa, com o objetivo de poupar despesas. Mas quando não há um ponto comercial, ter acesso às melhores dicas de vendas em domicílio é fundamental para ver seu lucro crescer.

Seguindo as dicas de vendas em domicílio

Saber como agir no dia a dia é tão importante quanto o produto que você vende. Foto: iStock, Getty Images

Veja as 7 melhores dicas de vendas em domicílio

Precisa de boas dicas de vendas em domicílio? Confira as principais recomendações para atrair clientes e aumentar o faturamento do seu negócio.

1. Organização do espaço

Se você recebe clientes em casa, é interessante organizar um espaço só para isso. Caso tenha uma peça disponível – pode até mesmo ser a garagem – é importante que possa atendê-los com maior comodidade, sem a interferência da rotina da casa. Se puder organizar uma entrada independente, fica ainda melhor – não apenas para sua família, mas para os compradores também.

2. Rotina diária

Da mesma forma que é preciso organizar o ambiente, criar uma rotina de trabalho também é fundamental para que os clientes escolham um horário para visitá-lo. Além de ser bom para eles, isso evitará visitas indesejadas nos seus momentos de lazer com a família.

3. Padrões e preços

Quando é você que desenvolve o produto, a pechincha se torna ainda mais frequente por parte da freguesia. É comum o pensamento que, se é você quem faz, pode dar um descontinho. Portanto, é interessante definir previamente como será sua formação de preços e quais produtos podem ou não ter desconto à vista.

4. Meios de pagamento

Nos dias de hoje, flexibilizar os meios de pagamento é o mínimo que se pode fazer para garantir as vendas e evitar o calote. Há diversos leitores ou máquinas de cartão que podem ser utilizados mediante taxas bastante acessíveis. Além disso, o valor entra muito rápido na sua conta e evita o trabalho de cobrar posteriormente.

5. Divulgação

A falta de um ponto fixo com uma vitrine que chame a atenção de potenciais clientes aumenta a necessidade de divulgar o produto. Por isso, é imprescindível criar uma sistemática para tornar seu negócio conhecido. Seja por meio de panfletos, de fotos ou informações nas redes sociais, como Facebook e Instagram. Encontrar uma forma de se ajustar às necessidades do cliente também é fundamental.

6. Entrega

“Se Maomé não vai à montanha…a montanha vai a Maomé”. O ditado você já conhece. E no mundo dos negócios, ele faz cada vez mais sentido. Pessoas que trabalham fora precisam, cada vez mais, de praticidade. Portanto, contratar um motoboy ou pensar em outra forma de entrega – ainda que você mesmo desempenhe esse papel – é muito importante.

7. Cadastro

Organizar a “ficha” dos seus clientes é uma prática que os faz se sentirem especiais. Afinal, quem não gosta de solicitar um produto e saber que tem um cadastro completo com seu endereço, os produtos que mais consome, sua data de aniversário e outras coisas? Além de ser um mimo, traz agilidade ao seu trabalho.

Você vai se interessar por:

 

O que achou das dicas de vendas em domicílio? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria