Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

7 cidades históricas pouco famosas que merecem sua visita

A- A+

O mundo é grande e o período escolar não é suficiente para estudarmos todas as cidades históricas importantes, sobretudo as que remetem a tempos mais antigos. Algumas delas, entretanto, permanecem habitadas até os dias de hoje, enquanto outras preservam algumas ruínas que ainda são visitadas pelos turistas mais curiosos.

Turismo em cidades históricas

Visitar cidades históricas é uma boa oportunidade para unir diversão e aprendizado. Fotos: iStock, Getty Images

Veja 7 cidades históricas que valem a visita

A relação de cidades que ainda conservam parte da história inclui países que não são exatamente reconhecidos como destinos turísticos. Mas faça uma visita a eles e entenda o que você estava perdendo.

1. Biblos, Líbano

Cidades históricas: Byblos

Uma das cidades mais antigas do mundo, com aproximadamente 5 mil anos. O nome atual foi dado pelos gregos – para a então cidade fenícia de Gebal – pois era de lá que importavam o papiro egípcio (chamado byblos). Hoje, é um importante sítio arqueológico, a 42 quilômetros de Beirute.

2. Cartagena, Tunísia

Cidades históricas: Cartagena

A cidade, fundada por fenícios, ganhou forte poder devido à sua localização costeira, tornando-se a capital de um império. Amplamente disputada por outros povos, foi derrubada e reerguida mais da uma vez, sendo também cenário das famosas Guerras Púnicas.

3. Tróia, Turquia

Cidades históricas: Tróia

Há quem pense que ela é obra de ficção, restrita à Ilíada, de Homero. Mas a cidade realmente existiu e suas ruínas estão lá para comprovar isso, no noroeste de onde hoje é a Turquia.

Além de conhecer elementos reais de uma das cidades históricas mais importantes do mundo, é possível também ver o famoso “cavalo de Tróia” construído para o filme Tróia, estrelado por Brad Pitt.

4. Damasco, Síria

Cidades históricas: Damasco

Mesmo com 12 mil anos, a cidade é continuamente habitada por todo esse período, estando sempre no centro dos acontecimentos históricos da Ásia. Há evidências arqueológicas de que os primeiros habitantes chegaram 10 mil anos antes de Cristo.

5. Ciudad Perdida, Colômbia

Cidades históricas: Ciudad Perdida

O local é constituído por misteriosas ruínas na região de Sierra Nevada, também conhecidas como Teyuna e Buritaca. Foi fundada em 800 antes de Cristo, sendo mais antiga que a famosa cidade inca de Macchu Picchu. Construída pelo povo Tairona, conta com construções peculiares e parece ter sido a principal localidade de um conjunto de vilas.

6. Skara Brae, Escócia

Cidades históricas: Skara Brae

As ruínas de Skara Brae, em Orkney Islands, são ainda mais antigas que as pirâmides do Egito e o Stonehenge (Inglaterra). Mas elas ficaram soterradas por milhões de anos até que uma violenta tempestade expôs algumas moradias de pedra, em 1850. É provável que seus habitantes tenham deixado o local devido ao clima de frio intenso.

7. Varanasi, Índia

Cidades históricas: Varanasi

Com mais de 5 mil anos de história, é considerada por muitos como o centro religioso do país. Ela ganha importância entre as cidades históricas por ter sido a capital do Reino de Caxi, no período de Sidarta Gautama. Também é uma das sete cidades sagradas do hinduísmo.

Você vai se interessar por:

Conheça cidades turísticas famosas pelos zoológicos

Viajar gastando pouco é possível: veja dicas

Conheça as melhores cidades para se viver no mundo

O que fazer em cidades históricas

Antes de arrumar as malas, é bom lembrar que essas cidades históricas são locais de passeio e pesquisas, sobretudo arquelógicas. Você não vai encontrar grifes internacionais com preços atrativos para fazer compras. Essa é uma das razões que explicam o fato de elas não fazerem parte dos principais roteiros de viagem.

 

Gostou de saber mais sobre as cidades históricas? Deixe seu comentário.

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito