Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

5 sinais de que não é a hora de mudar de profissão

A- A+

É natural que você seja ambicioso e deseje ascender profissionalmente. Mas será que mudar de profissão é a melhor saída? Você sabe como medir as consequências dessa decisão? Agir com afobação pode criar ainda mais dificuldades em vez de solucionar seus problemas.

Para ajudá-lo a tomar a decisão, selecionamos cinco indicativos de que a mudança de profissão talvez não seja uma boa ideia neste momento. Analise os critérios, conheça os argumentos e veja se faz sentido para você.

Mudar de carreira exige análise aprofundada

Incomodado com o baixo rendimento obtido com o trabalho, o sujeito decide abandonar o que fez por toda a vida, a fim de buscar novas perspectivas no mercado. A ideia é realizar o sonho de ter o hobby como profissão, e ele começa a deixar currículos nas empresas pelas quais se interessa. O tempo passa, as opções diminuem e as respostas não aparecem. E agora, o que fazer?

Mudar de profissão

Mudar de profissão após construir carreira sólida exige bastante reflexão. Foto: iStock, Getty Images

Esse exemplo hipotético ajuda a demonstrar a importância do planejamento no momento de mudar de carreira. A decisão deve ser justificada com argumentos sólidos, e é necessário traçar um plano de ação para saber o que fazer caso a primeira alternativa venha a falhar. Sem emprego e sem dinheiro, você corre o risco de se sujeitar a profissões menos interessantes do que aquela que abandonou.

Também é preciso entender que, às vezes, é mais fácil buscar soluções para os problemas dentro da própria companhia. Não deixe que picuinhas pessoais e fatos sem real importância decidam os rumos da sua carreira profissional. Mudar de empresa, mas permanecer na profissão, também é uma possibilidade que merece ser estudada antes da decisão final.

Você vai se interessar por:

A vida começa aos 40 anos? Veja dicas para mudar de carreira
Desemprego estrutural
Saiba mais sobre a profissão de cuidador de idosos

5 sinais de que não é a hora de mudar de profissão

Selecionamos cinco sinais de que talvez não seja a melhor hora para você mudar de carreira. Confira:

1. Especialização

Se você é especialista em uma área, com vários anos de atuação na mesma função, talvez não seja a melhor ideia começar do zero neste momento. A falta de experiência em outros setores tende a prejudicar sua inserção no mercado de trabalho.

2. Orçamento apertado

Se você leva as contas à rédea curta e não tem muita folga no orçamento, é preciso avaliar com cuidado a mudança de carreira. O planejamento financeiro é essencial para evitar que o sonho seja abatido pela falta de dinheiro. O ideal é acumular uma reserva considerável antes de buscar novos desafios.

3. Perspectivas promissoras

Analise o mercado de trabalho em que você atua e procure identificar as tendências para o segmento. É possível cogitar um aumento na demanda pelos seus serviços no médio ou longo prazo?

4. Exemplos negativos

Você conhece alguém que exercia a mesma função que você, decidiu mudar de profissão e quebrou a cara? Caso a resposta seja sim, vale a pena analisar o que aconteceu para descobrir se a tendência é a mesma para você.

5. Idade elevada

Um profissional com idade elevada que pretende mudar de profissão depois de construir uma carreira talvez não seja bem visto pelas empresas. Nesse caso, é provável que você terá ainda mais dificuldades para se inserir no mercado de trabalho.

E aí, gostou da matéria? Então ajude a divulgar o artigo compartilhando o link com seus seguidores nas redes sociais. Se você tem alguma dúvida ainda sobre mudança de profissão ou redirecionamento profissional, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias.

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria