Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

5 dicas para comprar frutas e verduras baratas na feira livre

A- A+

Quer pagar mais barato por frutas, verduras e legumes? A feira livre é um local onde produtores rurais vendem diretamente para a população. Lá, é possível encontrar alimentos cultivados de forma orgânica. Além de oferecer vantagens para a saúde, tais espaços podem ter preços mais acessíveis do que os praticados em supermercados.

Mas será que toda feira livre é igual? Com algumas dicas, você amplia a economia e garante refeições mais saudáveis.

Frutas na feira livre

Feiras livres permitem negociar o valor dos itens diretamente com os produtores. Foto: iStock, Getty Images

Como economizar na feira livre

Confira, a seguir, cinco dicas para gastar menos quando visitar as feiras livres.

1. Planeje os gastos

A dica é básica, mas ainda há quem a ignore. Faça uma previsão do que pretende comprar e determine a quantidade ideal. Além disso, planeje o gasto máximo, anotando tudo em uma lista. Dessa forma, você evita comprar por impulso e gasta só o que estiver dentro do orçamento.

2. Pechinche

A negociação é livre. Não se acanhe para abordar o feirante e fazer propostas diferentes pelos produtos. Com um pouco de habilidade para negociar, talvez você consiga levar mais frutas na sacola.

3. Tenha dinheiro trocado em mãos

Com notas de 2, 5 e 10 reais, você pode pechinchar melhor, já que o feirante consegue ver o seu dinheiro. Fica mais prático de negociar e tende a gerar boa economia.

4. Priorize as frutas e verduras da época

Os itens da estação custam menos e podem ser encontrados em mais variedade do que aqueles cuja época já passou. Além de economizar, você aposta em produtos de qualidade garantida.

5. Prefira produtos a granel

Desconfie das embalagens dos produtos. Muitas vezes, essa técnica é utilizada pelos feirantes para esconder frutas e verduras cuja aparência não é favorável e que, de outra forma, não seriam escolhidos pelos consumidores.

Feira livre é opção de baixo custo

Os supermercados costumam representar uma tentação para os consumidores. A comodidade do ambiente refrigerado, do estacionamento coberto, das prateleiras bem organizadas e dos produtos etiquetados seduz quem deseja praticidade e conforto.

Só que as regalias cobram seu preço. Invariavelmente, é mais caro adquirir frutas e verduras nesses espaços, em comparação com uma feira livre. Isso se deve ao fornecedor diferente, ao padrão de qualidade, aos custos operacionais e ao lucro da empresa que faz a gestão do estabelecimento.

Nas feiras livres, por outro lado, é possível negociar diretamente com o feirante, o que acaba reduzindo o preço dos produtos para o consumidor final.

Além disso, você pode criar um vínculo com os produtores, porque, muitas vezes, são os próprios feirantes que cultivam as frutas e verduras. Mais do que conhecer a procedência, é possível entender como os alimentos chegam até você.

Você vai se interessar por:

Uma dica de descontos

Gosta de pagar barato por tudo que compra? Quer fazer as suas compras pagando menos? Para aproveitar as melhores promoções, conheça o Vivo Descontos. Com esse serviço, você terá direito a cupons de desconto e promoções em lojas das melhores marcas do Brasil. Na primeira semana, não paga nada e, após o fim desse período, é cobrado R$ 2,99 por semana.

> Vivo Descontos: Receba cupons ilimitados por SMS, internet ou aplicativo de smartphones

Também têm dicas para comprar em uma feira livre? Comente!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
metas de curto médio e longo prazo
quando vale a pena comprar título de capitalização
vale a pena economizar
dividir aluguel com alguém