Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

5 dicas para comprar brinquedo seguro no Dia das Crianças

A- A+

Faltando poucos dias para 12 de outubro, a correria aumenta entre os pais, padrinhos, avós e tios. Afinal, ninguém quer deixar o seu pequeno favorito sem uma lembrancinha. Mas você sabe como comprar brinquedo, escolhendo o item que desperte o interesse da criança sem deixar de lado a segurança?

Um aliado nesse desafio é o Selo de Identificação da Conformidade, estabelecido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Ele atesta que o produto passou por diversos testes de segurança e que não oferece riscos se utilizado adequadamente. 

Saber comprar brinquedo de acordo com a idade da criança é importante.

Tome cuidado para comprar um brinquedo que atenda à faixa etária da criança. Foto: Shutterstock

Verifique selo antes de comprar brinquedo

Para que o selo do Inmetro seja concedido a um brinquedo, é observado um regulamento técnico, que se baseia em normas definidas para todos os países que fazem parte do Mercosul.

Quando o produto é aprovado, a marca do Inmetro e o logotipo de quem o certificou estão presentes na embalagem. Pode ser impresso, gravado ou então em uma etiqueta que foi fixada, porém sempre de maneira visível.

Mas a concessão do selo não libera os fabricantes da obrigação relacionada à segurança. Para garantir que as normas sigam em vigor no processo produtivo, os brinquedos são testados periodicamente. Caso eles sejam reprovados, podem perder o direito de comercialização no país.

5 dicas para comprar brinquedo com segurança

1. A primeira das cinco dicas você já sabe: verificar a presença do Selo de Identificação da Conformidade. Esse é o primeiro passo para comprar brinquedo e garantir um item que não ofereça problemas às crianças, mas não é o único.

2. Ao fazer suas compras, não dê preferência a produtos do comércio informal. Embora eles costumem ser mais baratos, também são comuns os casos de irregularidades e falsificações, que podem conter substâncias tóxicas.

3. A terceira dica, não menos importante, é: exija a nota fiscal. Caso ocorra algum problema, seja técnico ou de risco, é possível exigir os seus direitos.

4. Também verifique a faixa etária recomendada em cada brinquedo. A presença de peças pequenas, por exemplo, podem representar um perigo para os menores. A indicação também garante que o conteúdo da caixa é adequado para a idade do seu filho.

5. Por fim, leia o manual de instruções com atenção para ter certeza que o manuseio do produto não exige cuidados especiais.

Você vai se interessar por:

Brinquedos infantis: há modelos indicados para cada faixa etária

Aprenda como comprar brinquedos pela internet com segurança

Armas de brinquedo viram febre entre adultos; compare 4 modelos

Brinquedos você encontra no Vivo Compras

Antes de comprar brinquedo, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

Em parceria com a Opte+, a Vivo oferece produtos de lojas virtuais como Ponto Frio, Extra, Fast Shop e Casas Bahia. No portal, é possível encontrar eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, móveis, além de passagens aéreas, pacotes e hotéis, sempre com descontos diferenciados.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Gostou das dicas para comprar brinquedo para o seu filho? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple