Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Não consigo pagar o aluguel, e agora?

A- A+

A inflação bateu na porta da sua casa e ir ao supermercado virou um pesadelo com os preços “pela hora da morte”, como se diz por aí. O condomínio subiu de novo, assim como a gasolina. O seu salário continua o mesmo. Este é mais um mês que você se vê numa situação ruim e acaba exclamando “não consigo pagar o aluguel!“.

O que eu faço quando não consigo pagar o aluguel?

Se você está todo enrolado em dívidas e mora sozinho, talvez a melhor saída neste momento seja vender móveis e eletrodomésticos e ir viver em uma república, pelo menos até a temporada de vacas magras passar. Com o valor que você arrecadar com a venda de seus objetos, vá imediatamente quitar o débito do aluguel com o proprietário ou com a imobiliária. Negocie o pagamento desta dívida e a anulação de alguma possível multa por conta do atraso dos boletos.

O lugar onde você reside tem um quarto vago e você está no dilema de não conseguir pagar o aluguel? Divulgue entre seus contatos que você procura alguém de confiança para dividir as despesas de aluguel, condomínio, água, luz, internet, gás, etc. Nenhuma dessas alternativas deve ser encarada como algo definitivo na sua vida. São meios para você economizar e não entrar no Serviço de Proteção ao Crédito – ou chegar ao ponto de vir a ser despejado do imóvel.

não consigo pagar o aluguel

Se você não tem condições de pagar o aluguel, está na hora de reorganizar a sua vida. Foto: iStock, Getty Images

Como agir em família

Morando com sua família, a questão é um pouco mais complicada de ser resolvida rapidamente. Por outro lado, com a ajuda de todos, como uma equipe, talvez o jeito de solucionar o impasse não seja saindo do imóvel. Todo mundo que mora no local deve estar ciente da situação financeira, para atuar sempre com o mesmo objetivo. Cortar gastos com o envolvimento de todos os indivíduos costuma ser mais fácil porque um acaba ajudando o outro.

O mais disciplinado e controlado poderá evitar que outro integrante mais impulsivo se perca no meio do caminho e gaste uma quantia sem necessidade real. É importante que todos vejam o planejamento financeiro para saberem exatamente com o que estão lidando.

Renda extra

Pais, irmãos, filhos… Todos podem ajudar a vencer a fase ruim se procurarem meios de obter uma renda extra. Para quem está endividado, aí está uma maneira para se reequilibrar financeiramenteCortem os gastos supérfluos por um tempo. Almocem e jantem sempre em casa. Juntem mais roupas para lavar – economiza na conta de luz. Refaçam a logística da família para ajeitar caronas e reduzir consumo de gasolina.

Qualquer medida é válida para resolver a situação. Estudem ainda a viabilidade de habitarem outro imóvel mais barato que o atual. Calculem o que aumentaria e o que reduziria em termos de custo diário trocar de bairro, por exemplo. Não acredite em quem disser que solicitar empréstimo para pagar aluguel é uma modalidade a ser considerada. Não é. Você vai se endividar ainda mais.

Você vai se interessar por:

Crédito Bonificado Governo: vantagens para você

Se você é cliente Vivo e participa de algum programa de estímulo à nota fiscal em seu estado ou município, pode trocar os créditos por recargas Vivo, tanto no Pré-Pago quanto no Plano Controle. E o melhor: com o Crédito Bonificado Governo, você ainda ganha um bônus que dobra o valor do crédito, aumentando o benefício. Não perca tempo e faça seu cadastro: é rápido e sem nenhuma tarifa.

> Crédito Bonificado Governo: Troque valores em nota fiscal por créditos Vivo

Se você ainda tiver dúvidas e ainda diz para si mesmo “não consigo pagar o aluguel, e agora?”, deixe um comentário com o seu caso.

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Saiba como ganhar uma renda extra com aluguel
Empréstimo ou financiamento
sair da casa dos pais
vale a pena investir na decoração de uma casa para alugar