Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Estabilidade: descubra como organizar as contas pessoais

A- A+

Os noticiários repetem que o Brasil está em crise. Você percebe no bolso a inflação, vê o desemprego aumentando ao seu lado a cada dia e bate um medo de você ser o próximo. Para se prevenir de qualquer problemas, saber como organizar as contas pessoais é fundamental. Adquirir esse conhecimento é importante para qualquer momento, mesmo quando a economia do país vai bem.

Esticar o salário para acompanhar a alta dos preços é impossível. Então, aprenda algumas regras de educação financeira e evite entrar no vermelho. A lição básica é arrumar seu orçamento doméstico de modo que os valores que entram e que saem sejam registrados. Nesse caso, a planilha é a melhor ferramenta, seja ela digital ou mesmo feita com papel e caneta.

É importante inserir na sua planilha uma previsão de gastos futuros, como IPVA, IPTU, renovação da carteira de habilitação, rematrículas escolares. Emfim, tudo o que for previsível deve entrar na sua lista.

como organizar as contas pessoais

Quando as contas estiverem em dia, comece a pensar em guardar dinheiro. Foto: iStock, Getty Images

Depois, analise seu consumo – tanto nos gastos fixos quanto nos variáveis. Em seguida, veja o que se pode cortar ou reduzir. É fundamental que, ao menos no primeiro mês, você anote até mesmo os pequenos gastos. As somas miúdas consomem uma boa fatia do orçamento mensal, de forma quase imperceptível. Passado o momento do diagnóstico, vem a fase mais difícil. A dica é começar cortando os supérfluos, como assinaturas de revista, por exemplo.

Reajuste seu orçamento, estabelecendo prioridades para botar em prática na organização das contas pessoais. Se você é focado em tecnologia – sobretudo por motivos profissionais – dê prioridade às contas de telefone, internet, e reduza o valor mensal para vestuário, por exemplo. Seguindo esses passos, você conseguirá uma sobra de dinheiro que pode ser realocada ou mesmo reservada para emergências. É ideal que se guarde ao menos uma parte para garantir uma segurança financeira futura.

Como organizar as contas pessoais

Outra boa alternativa para organizar as contas pessoais é revisar a sua despensa e a sua geladeira para elaborar uma lista de compras antes de ir ao supermercado. Evite que os alimentos estraguem e que você compre o que já tem. Desperdício é sempre ruim ao bolso. Quando estiver no supermercado, faça pesquisa de preços. Também é válido trocar algumas das marcas famosas e caras por outras com custo mais em conta.

Caso tenha família grande, comprar em atacado pode ser uma ótima ideia. Já para quem tem família pequena, convidar alguns parentes e amigos para ir junto e dividir as compras vale a pena. Vale lembrar que nesse tipo de mercado o benefício só aparece quando se compra em grandes quantidades.

Para terminar, aposte no reaproveitamento das sobras. O arroz que ficou na panela pode ser transformado em bolinhos no próximo almoço. Fazer isso em apenas um dia pode parecer pouco. Mas se virar um hábito, a economia será grande.

Você vai se interessar por:

Acesso garantido à tecnologia

Para fazer uso da tecnologia e não ficar sem saldo, é importante estar com a recarga em dia no seu celular. Você sabia que a Vivo possui um serviço de seguro de recarga, que pode fazer a diferença na hora em que você mais precisar? Em parceria com a Zurich Seguros, a empresa oferece o plano Recarga Garantida. O pagamento mensal de R$ 4,99 dá direito a R$ 80 em crédito no celular em caso de desemprego.

> Vivo Recarga Garantida: Assegure R$ 80 de carga no celular pré-pago em caso de desemprego

Entendeu como organizar as contas pessoais? Comente.

O controle financeiro pessoal e o futebol
Casal melhora as finanças pessoais
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
Dicas para quem pensa em vender bens para pagar dívidas