Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

4 dicas para acertar ao comprar iPhone usado

A- A+

Quer ter um top de linha da Apple, mas não está disposto a pagar quase R$ 5 mil por ele? Comprar iPhone usado pode ser a saída para ter em mãos um celular de alta tecnologia, recursos inovadores e que é também sinônimo de status. Mas como fazer uma boa compra, minimizando riscos de problemas posteriores? Tudo começa por uma boa análise do aparelho antes de levar para casa.

Comprar iPhone usado vale a pena?

A compra de produtos de segunda mão, não apenas celulares, é opção antiga para quem não pode pagar por modelos novos. Veículos, roupas e eletrodomésticos são alguns dos produtos adquiridos nesse formato. Em muitos casos, a negociação costuma ser proveitosa.

Mas a opção de comprar iPhone usado ainda é uma novidade. Dada a velocidade com que a Apple apresenta lançamentos, os apaixonados por tecnologia acabam deixando de lado versões ainda pouco utilizadas, optando por vendê-las.

comprar iphone usado

Opção de compra de iPhone usado pode ser vantajosa para quem quer economizar. Foto: iStock, Getty Images

O preço é uma das principais vantagens de comprar iPhone usado. Um 6S Plus de 128 GB, modelo top de linha da marca, é encontrado no Vivo Compras por R$ 4,9 mil.

Já em sites que negociam aparelhos usados, é possível encontrar a mesma versão por cerca de R$ 3 mil – uma redução de quase 40%. Ainda que não seja considerado barato, representa uma economia para quem sonha com um Apple.

Além disso, a qualidade dos aparelhos da marca é uma garantia para quem vai investir em um usado. Os chips de processamento dos iPhones têm tecnologia avançada e costumam manter o desempenho de alta qualidade mesmo após um tempo de uso.

Ainda assim, é válido que você peça ao vendedor para testar o celular por um período, mesmo que sejam apenas algumas horas.

Você vai se interessar por:

Acerte ao comprar iPhone usado

Cada telefone é diferente do outro e eles têm históricos diferentes de uso. Por isso, é preciso prestar atenção em alguns detalhes antes de fechar a compra. A situação do aparelho faz parte da lista de aspectos a serem verificados. Confira quatro boas dicas:

Nota Fiscal

Novos ou usados, os aparelhos comprados devem ser entregues a você acompanhados da nota fiscal. O documento permite ao novo usuário desfrutar da garantia – em caso de danos – e também para ter certeza de que é um aparelho original. O documento também permite que você saiba quanto tempo o celular tem de uso.

Conservação

Um dos riscos que você corre ao comprar iPhone usado é o de receber um aparelho com arranhões e marcas de uso. A estrutura dos aparelhos da Apple pode se mostrar frágil com relação a objetos pontiagudos, impactos e quedas. Ver e manusear o telefone antes de comprá-lo, quando possível, é uma ação importante.

Bateria

A Apple não é conhecida pela durabilidade da bateria dos seus telefones. Ao contrário, com um longo tempo de uso e administração incorreta das cargas, é possível que o smartphone não tenha autonomia nem de um dia completo. Exija garantia do vendedor para o caso de as cargas de energia durarem menos do que o prometido.

iCloud

Os iPhones são aparelhos que protegem o seu usuário. Se você estiver usando um telefone que está logado na conta do iCloud de outra pessoa, não poderá baixar aplicativos, adicionar contas de e-mail ou modificar qualquer configuração. Para evitar essas restrições, peça que o vendedor desconecte o aparelho da conta na nuvem antes de entregá-lo a você.

 

Gostou das dicas para comprar iPhone usado? Compartilhe!

LG G5 SE ou iPhone SE
vale a pena comprar celular top de linha
smartphone com maior tela
comprar um iphone
tablets ou smartphones
Modelo de celular simples e barato