Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

10 dicas para liquidar dívidas imobiliárias

A- A+

Muitos brasileiros adquiriram imóveis por meio de financiamento, aproveitando um cenário diferente da crise pela qual o país passa hoje. Mas a necessidade de apertar o cinto, preços subindo e desemprego em alta fizeram muita gente se endividar. Se esse é o seu caso, saiba como liquidar dívidas imobiliárias.

Pessoa calculando valores para liquidar dívidas.

Liquidar dívidas imobiliárias exige atenção a prazos e organização financeira. Foto: Shutterstock

Como liquidar dívidas imobiliárias

Para auxiliar as pessoas nessa situação, a Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências (AMSPA) preparou uma cartilha com dicas que servem tanto para evitar a inadimplência como para ajudar a liquidar dívidas imobiliárias. Confira dez dicas:

1. Projete sua dívida

Solicite ao banco uma planilha com a projeção das parcelas do financiamento, incluindo as taxas extras e os seguros que fazem parte da prestação. Não esqueça que seu compromisso deve girar em torno de 35 anos.

2. Não comprometa mais que 30% da renda familiar

A AMSPA lembra que muitas pessoas, na hora de buscar a aprovação do financiamento, incluem parentes para somar renda, mas o responsável é você.

3. Tenha reservas

Previna-se contra o desemprego, perda ou diminuição de renda e problemas de saúde na família recorrendo ao FGTS, poupança e outras aplicações de sua preferência.

4. Busque um acordo

Se você perceber que vai atrasar ou se já está inadimplente no pagamento das parcelas do imóvel, é válido primeiro tentar um acordo com o banco ou construtora. Dessa forma, os dois ganham por resolverem a questão logo e de forma amigável.

5. Procure a Justiça

Caso o acordo não tiver sucesso, peça auxílio da Justiça para tentar uma audiência. Se comprovado que houve pagamento, o juiz poderá suspender uma eventual execução ou leilão.

6. Conheça os prazos

O atraso aumenta juros, possibilita inclusão do nome em órgãos de proteção ao crédito e pode levar à perda do imóvel. No Sistema Financeiro da Habitação (SFH), isso acontece depois de atrasar três prestações. Já no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), se o atraso for superior a 30 dias, o mutuário é intimado a pagar a dívida. Após 15 dias, o cartório onde o imóvel está registrado efetua a consolidação da propriedade em favor do banco.

7. Exerça o direito à revisão de contrato por perda de renda

A lei 8.692/93 permite renegociar a dívida de acordo com seu rendimento atual.

8. Atenção aos contratos irregulares

Aumento de prestações acima do permitido, com cobrança abusiva de juros sobre juros, é prática condenada pelo Superior Tribunal de Justiça, assim como o resíduo ao final do financiamento. Também cabe revisão do contrato.

9. Compare

É possível financiar pelo sistema de consórcio, SFH, SFI ou diretamente pela construtora em caso de aquisição de na planta. Avalie tudo na ponta do lápis.

10. Conheça o sistema de amortização

A recomendação é pelo SAC, o Sistema de Amortização Constante. Apesar da carga de juros mais alta, ela é paga no início do financiamento, evita aborrecimento ao arcar com as parcelas do crédito bancário, pois é decrescente e usa a Taxa Referencial, pós-fixada, mais uma tabela de juros fixa.

A Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação (ABMH) sugere aproveitar a portabilidade bancária para buscar uma taxa de financiamento menor e, em caso de dificuldades, o consumidor deve procurar o Banco Central, o Procon ou um advogado especialista no assunto. Você também pode procurar associações regionais.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas para liquidar dívidas imobiliárias? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças