Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Comprar um produto barato é a melhor forma de economizar?

A- A+

Quando você pensa em reduzir gastos, a primeira ideia que lhe vem à mente é a de comprar produtos mais baratos do que os que você costuma comprar? Essa pode não ser a melhor forma de economizar. Segundo o consultor financeiro Gustavo Cerbasi, existem motivos para que os produtos tenham preços mais baixos, e nem sempre eles são positivos.

melhor forma de economizar

Analisar a qualidade do produto, nível de consumo e durabilidade é uma boa forma de economia. Foto: iStock, Getty Images

O barato pode sair caro

Cerbasi afirma que a economia de renda mal distribuída é a grande responsável por essa associação entre produtos mais baratos e economia. Para o consultor, o hábito de correr atrás de promoções, comprar tudo o que está com desconto nas lojas e de comprar sempre o que tem preço menor. Mas essa está longe de ser a melhor forma de economizar.

Para o consultor, essa escolha pelo que custa menos gera um desequilíbrio na balança de escolhas de consumo e os brasileiros ainda precisam compreender que a qualidade daquilo que se compra tem grande influência nas finanças da família. Prova disso é que os produtos de qualidade, importados de outros países, tem menos saída no mercado.

Conforme Gustavo Cerbasi, que é autor e publica vídeos educativos em seu canal do Facebook, boa parte dos brinquedos, eletrônicos e até automóveis que são vendidos com preço mais baixo no Brasil, são aqueles que foram rejeitados por países como Estados Unidos e Alemanha, por terem pequenos defeitos de fabricação. Por isso, comprar o mais barato não é sempre a melhor forma de economizar.

A melhor forma de economizar

O especialista em economia doméstica não descarta a importância da busca pelo preço baixo. Para ele, ela é oportuna, principalmente porque ajuda a valorizar o dinheiro que você recebe em troca do seu trabalho. No entanto, é preciso ter um olhar mais crítico e apurado. Nessa procura por baixos preços, o consumidor acaba comprando produtos com menos qualidade.

Embalagens com menor quantidade de alimento ou alimentos com menos nutrientes do que os que são vendidos no resto do mundo, eletrodomésticos que consomem mais energia e veículos que não funcionam com a mesma qualidade encontrada em outros países são exemplos de que comprar o que é mais barato não é a melhor forma de economizar.

Segundo o consultor, a melhor forma de economizar não é comprando o que tem menor custo de venda, mas analisar a experiência que você terá com o produto e investindo naquele que terá maior durabilidade, menor consumo ou exigir manutenção mais barata.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Pronto para encontrar a melhor forma de economizar? Deixe um comentário.

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado